Skip to content

Quer saber para que serve a Internet? – Update

17/02/2009

Há vinte anos eu não sabia que existia computador, nem celular e, muito menos, Internet. Hoje não consigo viver sem nenhum deles.

Odeio assistir televisão, a Globo me irrita, o SBT me dá nojo… o único canal que gostava – a Cultura – não pega aqui em Maringá; pelo menos não na minha TV. Então, recorro à Internet: G1, Folha, UOL, blogs e mais blogs para me atualizar sobre as inúmeras novidades que rodam por aí. E nessa mesma Internet encontro as mais variadas besteiras, os meus melhores amigos, minha família, mato a saudade, me aproximo um pouco de pessoas que estão longe ou de gente que eu nem conheço.

Não sou do tipo que recebe e-mails dos amigos e sai por aí encaminhando toda foto engraçadinha, todo PowerPoint legalzinho, o viral do momento… Acho besta isso. Se for pra enviar e-mail, eu envio algo pessoal, que realmente signifique algo para mim e para quem está recebendo. Mas dessa vez, vou usar o blog, o e-mail, o MSN pra divulgar esse vídeo aí embaixo. Esse vale a pena.

Em uma época de tantas guerras, tanto desamor, tanta fome, tanta infelicidade, é delicioso ver sorrisos assim: rasgados!

A Califórnia pretende divorciar 18000 casais homossexuais após a votação de uma lei (Proposition 8) que define o casamento como uma união entre um homem e uma mulher, invalidando todos os casamentos que foram realizados no ano passado.

O vídeo Fidelity, uma produção da Courage Campaign, mostra casais homossexuais, amigos, familiares, enfim, milhares de pessoas que pedem para que a Califórnia não os divorcie (“Don’t divorce us”). Lindo!

Esse vídeo, sim, é um ótimo motivo para você usar a Internet com consciência, e não só para passar spam e ppt dizendo que “se vc gosta de mim, vai enviar de volta”.

Enviem, divulguem, ajudem a mostrar que o coração não escolhe quem ama, não faz discriminação de raça, cor, sexo ou religião!

via Síndrome de Estocolmo, post encontrado via @crisdias no Twitter.

Update: Sean Penn ganhou o Oscar por Milk (é, eu só assisti a cerimônia hoje, me distanciei de todos os sites que publicaram a lista dos ganhadores. Odeio não ter TNT, ODEIO a globo e ODEIO O CARNAVAL!). No discurso de agradecimento ele disse o seguinte (desculpem a tradução meia-boca, o original vai abaixo):

“Para aqueles que viram as placas de ódio quando chegamos aqui esta noite, eu acho que é uma boa hora para que aqueles que votaram A FAVOR DE BANIR o casamento entre homossexuaisrefletirem, e perceberem a sua própria vergonha e a vergonha nos olhos de seus netos se continuarem a não apoiar essa causa. Nós precisamos ter direitos iguais para todos!” pararem e

(For those of you who saw the the signs of hatred as our cars drove in tonight, I think that it is a good time for those who voted for the ban against gay marriage to sit and reflect, and aticipate their great shame and the shame in their granchildren’s eyes if they continue that way of support. We’ve got to have equal rights for everyone!)

Acho ótimo que ele tenha dito isso no discurso de agradecimento, sabe quantas pessoas estavam assistindo o Oscar lá?! Espero que tenham, pelo menos, parado pra pensar!

PS.: O Hugh Jackman num tava tuuuuudo?!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Etil permalink
    18/02/2009 21:43

    Numa linha parecida, dá uma olhada nesse vídeo. Achei sensacional!

    http://antwrp.gsfc.nasa.gov/apod/ap080722.html

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: