Skip to content

Eu não sei.

06/02/2009

Eu não sei quando começou, nem por quê. Eu não sei quando eu comecei a imaginar isso, nem se eu deveria. Eu não sei se é recíproco, ou se ouvi coisas.

Eu estou com medo, mas isso me parece certo. E a cada dia isso me consome mais e me dói mais. E eu queria saber, queria pelo menos entender. Mas não consigo.

Eu achei que sabia, que era simples assim, que era tudo o que queria, mas esse aperto no peito, essa insônia, essa falta de ar me deixam zonza.

E agora eu já não sei mais no que acreditar.

Eu espero um sinal, um aviso, uma premonição, mas… nada. Nem o tarô, nem os médiuns, nem os conselhos agora ajudam. Estou sozinha nessa.

E eu queria ver – como vejo nos sonhos – na vida real, que isso é possível, que não estou enganada. Mas eu já não sei. Não sei de nada.

E achei que sabia.

Ouvindo: Franz Ferdiand – The Fallen

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: